Meu Metro Quadrado

Cinco dicas para escolher o terreno ideal

22 de maio de 2017


Vocês já conhecem o Eduardo pelas fotos que ele tira para o Meu Metro Quadrado. Outra hora, inclusive, vamos falar da importância de uma boa fotografia na comercialização do imóvel. Além de fotógrafo, o Eduardo também é engenheiro civil. Sem dúvida, essa formação faz diferença no seu olhar para registrar nossos imóveis e valorizar ainda mais o ambiente. Essa semana, todo o insta @meumetroquadrado será dedicados a terrenos e a aventura de construir, então emprestamos um pouco da experiência de nosso engenheiro-fotográfo para resumir algumas dicas rápidas para que você possa escolher um terreno ideal para construir.

 

CINCO DICAS PARA ESCOLHER O TERRENO IDEAL

Assim como tudo, o ideal depende do sonho de cada pessoa. Por isso, antes de começar a procurar o terreno ideal para você, é importante ter muita clareza de qual é seu sonho e no que é importante para você: Que tipo de casa você quer? Prefere ter muito espaço livre ou uma casa que ocupe todo terreno? Quer economizar na compra ou na construção?

Com isso em mente, defina quais são as suas prioridades. Localização, segurança, tamanho, contato com a natureza, vista, tranquilidade, vizinhança, infraestrutura próxima e acesso são alguns pontos que você deve listar para escolher o que é mais importante para você.

Definidas as suas prioridades, você pode começar a filtrar a sua busca pelo seu terreno ideal. E para escolher certo, sem medo de errar, considere também:

 

– Posição solar: Onde o sol nasce em relação ao terreno? Qual a face norte? É possível construir a casa com aquele quintal dos sonhos nos fundos, sem que que a sombra se projete sobre a piscina e o deck?

– Dimensões do terreno: Não basta saber o tamanho do terreno, é preciso saber as dimensões dele. Terrenos muito estreitos tendem a ter um aproveitamento pior.

– Desnível: Nem todo terreno com desnível é ruim. Eu, particularmente, prefiro terrenos com certo desnível. Um bom arquiteto, com certeza, irá saber aproveitar isso ao seu favor. Porém, terrenos com um desnível muito acentuado tendem a aumentar os custos de construção.

– Tipo de solo: Verifique a região em que o terreno se encontra e, se possível, converse com vizinhos sobre as suas construções e possíveis alagamentos. Terrenos próximos a rios ou em baixadas tendem a ter solo mole, aumentando os custos com as fundações.

– Zoneamento urbano: Veja o que é permitido construir no terreno em vista, quais os afastamentos mínimos, taxa de ocupação e índice de aproveitamento. Se for um terreno em condomínio fechado, veja também quais as restrições que o condomínio impõe.

 

Converse com a Equipe do Metro e explique para ele qual o seu sonho e quais as suas prioridades para que assim eles possam ajudar a encontrar o seu terreno ideal. Vá ao terreno, ande nele, olhe a vista, o entorno e, se possível, leve um arquiteto ou engenheiro junto para auxiliar a sua avaliação. Assim você poderá fechar a compra do seu terreno com tranquilidade e segurança sabendo que está fazendo o melhor negócio.

Depois com o terreno comprado, será a hora de pensar na construção da casa dos sonhos. Mas aí é tema para outra conversa. Só não se esqueça de contratar um profissional da área quando chegar esse momento. 😉

 

por Eduardo Beltrame

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@meumetroquadrado