Meu Metro Quadrado

Investimento Imobiliário Internacional

21 de março de 2018


Domingo de manhã ainda costumo ler os classificados de imóveis. Não sei bem o porquê desse hábito analógico, apesar de nunca ler sobre ofertas  sempre acho um ou dois assuntos interessantes. Nesse domingo (18.março) vi numa coluna um anúncio sobre um Fórum para Investidores Imobiliários Internacionais. Sendo a curiosidade maior que o preço, me inscrevi rapidamente.

E valeu a pena. O dia imersivo foi organizado pela Ativore, que é uma gestora de investimentos focada em mercado imobiliário internacional, sediada no Rio. As exposições foram bem dinâmicas, linguagem simples e perfeitamente compreensível para qualquer um que já perdeu poucos minutos pesquisando sobre imóveis. Aqui ou lá.

Há várias opções interessantes para quem planeja uma diversificação seja geográfica ou uma proteção do patrimônio. Tendemos a pensar que é um movimento para investidores muito sofisticados, mas juro que pude lembrar de três ou quatro clientes que se interessariam pelo assunto. É mais para um investidor organizado e focado do que para os sofisticados. Como foi bem dito por um dos palestrantes “o importante nos imóveis é comprar bem, o resto é conta de somar e diminuir”. Quem tiver interesse em conhecer um pouco mais é só nos perguntar!

Duas coisas me chamaram a atenção e que me ajudam a comparar o quase incomparável, os números de lá e investimentos na terrinha. Lá, um bom retorno é a partir de 6% aa de cash flow – ou seja, os aluguéis – e uma valorização de 5%aa no valor dos imóveis.

 

“Por outro lado, entre as cidades que acumulam alta no preço médio de venda, apenas em Florianópolis (+5,01%) a variação observada superou a inflação acumulada no período (+2,87%).” FIPE ZAP, Março 2018 

 

Em Floripa o ano de 2017 foi um ano melhor que os demais, mas ainda em recuperação, e tivemos uma valorização líquida na casa dos 2.15% e tenho exemplos, dentro da carteira, de imóveis que deram retorno 4.7% líquidos ——> somados, temos uma ganho de 6.91%. Nada mal se pensarmos que um CDI descontado a inflação. 

A rentabilidade real do CDI no ano de 2017 (descontando inflação do IPCA) foi de 6,78%.

Agora uma coisa que torço, trabalho e estou à disposição para qualquer iniciativa, é que a clareza dos números e a quantidade de dados coletados à disposição dos compradores e investidores.  Isso é o que torna um mercado confiável e mais dinâmico. Continuamos torcendo que por aqui, as coisas fiquem mais claras.

Enquanto isso, confiar em um corretor bem informado é uma boa saída =)

Boa semana!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@meumetroquadrado