Meu Metro Quadrado

O futuro brilhante de um 3D na General Glicério

13 de julho de 2017


Começar a trabalhar no Rio com a referência de uma cidade tão mais nova quanto Floripa poderia ter sido um choque maior se eu não fosse uma pessoa que gosta tanto de história e arquitetura.

Estar no Rio e a caça de apartamento bacanas mudou meu conceito de velho. Primeiro, vamos acertar a nomenclatura, o velho é o antigo sem cuidado e sem capricho, o antigo é só aquele que viu os anos passar, mas manteve seu charme e suas características. Mais ou menos como envelhecer bem.

Viagens a parte, se minha dificuldade no Sul era comunicar plantas vazias, na Zona Sul passou a ser a comunicar algo além do que se vê na visita. Apartamento antigos, para olhos mal treinados, podem ser um banho de água fria. O importante é ter em mente os pontos positivos: eles tem normalmente a melhor localização, e podem ter raridades, como janelas grandes, pé direito alto, e as vezes um chão de mármore ou assoalho de taco.

Com ajuda da arquiteta Ana Bazzo visitamos esse garden na General Glicério e repensamos como atualizar uma planta que refletia mais de cinquenta anos de arquitetura e merecia sim um carinho. Confere na integra como a arquiteta Ana pensou a planta.

Ele é assim – APTO GARDEN GENERAL GLICÉRIO

“Quando entramos no apartamento, vimos uma planta que refletia como se vivia a quase meio século atrás: muitos filhos, muitas paredes segregando ambientes e uma generosa área para dependência de empregada.

Todos os pontos negativos iniciais eram superados pela localização – na charmosa rua General Glicério em Laranjeiras.

No novo projeto, logo na entrada, colocamos as paredes abaixo, unindo hall, sala de estar, jantar e cozinha permitindo um espaço amplo que conecta todas as funções em um ambiente só. O hall, que possuía área residual, cedeu espaço a um escritório privado de frente para uma janela com visão privilegiada da rua arborizada. Na área íntima, o quarto do casal se uniu com um dormitório se unem para formar uma confortável suíte master munida de um closet e um banheiro com hidromassagem; e o dormitório existente e seu banheiro foram reformulados de forma que adapte melhor o mobiliário.

Pra finalizar, a menina dos olhos de ouro desse apartamento é a reformulação da imensa área de serviço em estúdio completo que pode ser alugado ou utilizado por alguém da família como uma moradia independente. A entrada independente do resto da casa permitiu essa sacada de forma que a vida entre as duas moradias não seja interferida uma na outra. Tudo a ver com as novas tendências de habitação coletiva e uma forma inteligente de lucrar com seu patrimônio.”

E pelas mãos da Arquiteta Ana Bazzo, pode ficar assim – APTO GARDEN GG

Confere AQUI , AQUI e AQUI outras histórias criativas e lucrativas sobre como e porquê reformar um apê antigo. E o vídeo no nosso canal é a entrada triunfal desse achado.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@meumetroquadrado