Meu Metro Quadrado

Por que comprar seu imóvel com um designer de interiores

27 de março de 2018


Faz pouco mais de um ano que estou morando no Rio e tirando seis meses durante a faculdade nunca tinha saído de minha cidade original (Floripa). Nem nunca tinha pensando em sair.

Mas como a vida é assim, a gente faz mil planos para um dia as coisas mudarem, eis que ano passado vim de mudas para cá. Eu, meu projeto do Meu Metro Quadrado e Lu Werneck, uma de nossas corretoras.

Com toda a sinceridade vou dizer que esse primeiro ano foi muito mais de conhecer os ritmos, as ruas e mais os pontos da cidade do que fazer negócio. Primeiro, por que pegamos a cidade de ressaca. Moral, financeira, imobiliária e todas as que vocês podem imaginar. Mas olhando pelo lado positivo nos deu tempo de entender as diferenças e as oportunidades.

 

Apartamento Humaitá V | 2D | Humaitá

Nesse período, no esforço de ocupar uma mente inquieta e dar vazão a uma das minhas outras paixões, comecei a cursar Design de Interiores no Instituto Europeu di Design (IED). O próprio prédio onde é o curso, o recém tombado Cassino da Urca (Carmen Miranda, lembra?) já é por si só inspirador. E naquele passe de mágica que é aprender sobre algo novo, meus olhos passaram a ver coisas que antes não viam.

 

Studio KIT | 1D | Flamengo

Longe de ser uma guinada de carreira, estudar Design de Interiores me ajuda a entender mais o relacionamento das pessoas no espaço, a decifrar o porquê elas se incomodam e não sabem bem com o quê, e ver cada vez melhor as oportunidades que passam a olhos rápidos.

Tem muito apê charmoso que com um tapa (ou muitos) vira outra coisa.

No geral vivemos em uma cultura de pouca manutenção e menos ainda capricho, o que abre muito espaço para oportunidades. Já falei em outros posts sobre como acredito no retrofit semana passada, no post que escrevi AQUI – descobri que nas gringas há até fundo especializados em retrofit. Chego lá.

No mais, comecei por minha conta e exercício redesenhar as plantas dos apartamentos e sugerir algumas melhorias que podem transformar o imóvel. De forma bem livre, imagino que é a persona que vai morar ali e exercito criando um projeto para cada um dos meus caquinhos. Alguns deles já até pré-orcei o quanto seria a reforma, como o

Studio Flor de Liz | 1D | Flamengo

Essa semana nosso insta está dedicado a isso. Visita o @meumetroquadradorio. Acho importante alinhar que tudo o que proponho é para facilitar o exercício do novo morador de se ver ali. Quando a reforma é maior, toda a intervenção deve ser validada por uma equipe de arquitetos & engenheiros.

Longe do conflito de interesses, é só mais um esforço de vender um bom imóvel que tá mal tratado =)

Boa semana!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@meumetroquadrado